Ads Top

Tempo de rasgar e de costurar


Eclesiastes 3.7
- Introdução: A preocupação com as vestes é uma marca da humanidade. Antes de ser costurado, o tecido é cortado.


1- Tempo Humano de rasgar e de costurar

Em toda a história os povos aprenderam a confeccionar e restaurar suas vestimentas.
- Rasgar no tempo humano: no tempo bíblico o ato de rasgar as vestes era um sinal de tristeza, luto e humilhação (Jó 2.12).
- Costurar no tempo humano: desde que o homem pecou, percebeu que estava nu e quis se cobrir, então a primeira veste foi Deus quem fez (Gênesis 3.10,11 e 21).
Infelizmente a aparência é muito visada pelas pessoas, mas Deus vê o nosso interior (I Samuel 16.7).

2- Tempo Divino de rasgar e de costurar

Simbolicamente existem vestes que precisamos rasgar e outras costurar (Colossenses 3.8-10).
- Rasgar no tempo Divino: precisamos rasgar o nosso coração em arrependimento diante do Senhor (Joel 2.13).
- Costurar no tempo Divino: a veste de Jesus foi rasgada quando crucificado, mas sua capa era inteira, sem costura, como símbolo de que embora humilhado, era íntegro (João 19.23).
Jesus ensinou que não faz remendo de pano novo em pano velho (Lucas 5.36).

Conclusão

Deus quer restaurar nossas vestes, no sentido espiritual para vivermos em louvor (Isaías 61.3), e santidade (Apocalipse 7.14).

Nenhum comentário:

Faça um comentário, mas só podemos publicar se a pessoa se identificar.

Tecnologia do Blogger.