Ads Top

Tempo de guardar e de jogar fora


Eclesiastes 3.6
- Introdução: O utilitarismo faz com que as pessoas queiram sempre mais e também desperdicem muito.


1- Tempo Humano de guardar e de jogar fora

As pessoas procuram acumular muitas coisas, mas também jogam fora (Salmos 39.6).
- Guardar no tempo humano: no mundo, quanto mais se tem, mais se quer ter (Eclesiastes 6.7), sem pensar na maior riqueza que é sua alma (Lucas 12.14-20).
- Jogar fora no tempo humano: o desperdício é uma prova que nem tudo o que queremos realmente precisamos (Isaías 55.2).
Quem passa a vida guardando riquezas, joga sua saúde fora (Jó 27.16-19), porque “que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? (Marcos 8.36).

2- Tempo Divino de guardar e de jogar fora

Existem coisas que precisamos guardar e outras desfazer.
- Guardar no tempo Divino: precisamos guardar o coração (Provérbios 8.23) e as boas lembranças (Lamentações 3.21).
- Jogar fora no tempo Divino: devemos jogar fora o medo e a dúvida (I João 4.18), bem como as lembranças ruins (Isaías 43.18).
Não podemos nos apegar a coisas terrenas (Mateus 6.19), e saber que “mais bem-aventurado é dar que receber” (Atos 20.35).

Conclusão

Faça uma avaliação de seus valores e jogue fora tudo o que não for bom, guardando o que for melhor (I Tessalonicenses 5.21).

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.