E a Mãe do Filho Pródigo?

Lucas 15.22,23
Introdução: Certamente havia uma mulher e mãe na história do Filho Pródigo, mas o texto se concentra na figura do pai, trazendo uma importante lição. Alguns indícios no texto apontam para coisas que uma mulher faria:

1- As Vestes feitas pela mãe

Lucas 15.22 “...Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o...”
A mulher no tempo bíblico exercia funções administrativas do lar, preparando alimento e vestes. Grande maioria das mulheres teciam as roupas da família e “busca lã e linho e de bom grado trabalha com as mãos (Provérbios 31.13).
Provavelmente foi a mãe do Filho Pródigo que confeccionou, guardou e vestiu a nova roupa em seu filho, que esperava ansiosamente.

2- Os Acessórios guardados pela mãe

Lucas 15.22 “...ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés
As mulheres gostam de detalhes como calçados e joias, por isso o anel e as sandálias que foram dadas ao Filho Pródigo certamente foram preparados e guardados por sua mãe, que preservou seus pertences e tinha o calçado na medida certa para seu filho.

3- A Festa preparada pela mãe

Lucas 15.23 “trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos”
A cozinha da casa também era gerenciada pela matriarca da família, que sabia preparar o melhor para seu lar. Quando o pai mandou fazer a festa, a mãe tinha tudo pronto para se alegrar com seu filho que retornou para casa. Toda mãe sabe o que o filho gosta de comer e sempre que pode prepara para lhe agradar. Aquele dia o Filho pródigo matou a saudade da família e da comida de sua mãe que tanto amava.

Conclusão

Embora o texto não mostre  claramente a presença da mãe, estes indícios revelam que havia uma mulher na família, exercendo o papel da maternidade, que além de abraçar o filho perdido, também o vestiu, o honrou com joias e calçados, além de fazer uma festa com o que tinha de melhor para se alegrar por sua vida. 
Aquela mãe tinha tudo pronto para receber seu filho, assim como toda mãe está sempre preparada para acolher seus filhos.

Rev. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista. 44 anos. Casado com Ássima, pai de Heitor e Hadassa. Natural de Muriaé MG. Bacharel em Teologia pela UMESP.

1 Comentários

Faça um comentário, mas só podemos publicar se identificar.

  1. Essa mulher citada também pode ser,as serviçais do pai do filho prodígio,e não a mãe.

    ResponderExcluir
Postar um comentário
Postagem Anterior Próxima Postagem

promoção de livros devocional diário