Ads Top

Sarando as águas amargas


“Por fim, chegaram a Mara. No entanto, não puderam beber as águas de Mara, porque eram amargas.” Êxodo 15.23
- Introdução: Quando o povo de Israel saiu do Egito, procuraram água e encontraram no deserto um poço, mas sua água era amarga.
Nossa reação revela como estamos:

1- O que o povo fez?

Êxodo 15.24 “E o povo murmurou contra Moisés, dizendo: — O que vamos beber?”
O povo murmurou contra Moisés. Tinham sido libertos, mas sua mentalidade ainda era de escravos. Na verdade, aquelas águas amargas revelaram o amargor que o povo viveu no Egito e precisavam ser libertos no coração (Êxodo 1.14).

2- O que Moisés fez?

Êxodo 15.25 “Então Moisés clamou ao SENHOR, e o SENHOR lhe mostrou um pedaço de madeira. Moisés jogou a madeira nas águas, e as águas se tornaram doces.
Moisés resolveu orar enquanto o povo murmurava e Deus lhe mostrou uma árvore que jogou na água, tornando-a saudável. Esta madeira nos lembra da cruz, que nos cura de toda amargura neste mundo (Colossenses 2.14).

Conclusão

Jeová Rafá promete cura dizendo: “eu sou o Senhor que te sara” (Êxodo 15.26). Diante da amargura não adianta reclamar, mas sim orar e agir na direção de Deus.
© AUTOR: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.