Ads Top

Tempo de prantear e de saltar de alegria

Eclesiastes 3.4
- Introdução: Existem momentos extremos que além do tempo chorar e sorrir, também pranteamos ou saltamos de alegria.



1- Tempo Humano de prantear e saltar

O povo de Israel tinha a tradição de lamentar em tempos difíceis (Joel 2.17) e celebrar em tempos de festas (Ester 9.19-22).
- Prantear no tempo humano: Por exemplo, após as guerras, se perdessem passavam um tempo pranteando em luto (Levíticos 10.6).
- Saltar no tempo humano: quando venciam faziam festa com danças saltando de alegria (Êxodo 15.20).
Ainda hoje percebemos a diferença entre tantas pessoas que estão sofrendo muito e outros que regalam em festas (Mateus 22.7-14).

2- Tempo Divino de prantear e saltar

Os salmos de lamentação ou de louvor falam do tempo de prantear ou de saltar de alegria (Salmos 55.17 e 92.1)
- Prantear no tempo Divino: não podemos ser insensíveis, mas devemos realmente lamentar quando algo ruim acontece.
- Saltar no tempo Divino: sempre que recebemos uma bênção devemos celebrar em gratidão ao Senhor.
A diferença entre lamentar e murmurar é que quando lamentamos estamos desabafando com Deus e não reclamando (Lamentações 1.1-4).

Conclusão
A palavra de Deus nos ensina a “chorar com os que choram e alegrar com os que se alegram” (Romanos 12.15). Talvez este tempo seja em prol de nosso próximo.

Nenhum comentário:

Faça um comentário, mas só podemos publicar se a pessoa se identificar.

Tecnologia do Blogger.