A Mãe Coruja

mãe coruja com filhotes

“Aninhar-se-á ali a coruja, e porá os seus ovos, e os chocará, e na sombra abrigará os seus filhotes...” Isaías 34.15

Introdução: Isaías usa o exemplo de uma coruja que cuida de seus filhotes, mesmo em um ambiente desértico e hostil. 

O que faz a mãe que é como a coruja?

1- Vigia o ninho

A coruja está o tempo todo vigiando seu ninho. Mesmo que precise sair para caçar, não irá tão longe que não possa ver o seu ninho e voltar rapidamente para o socorrer. Nada passa despercebido aos olhos de uma mãe coruja. 
Assim também a mãe que é como uma coruja está atenta o tempo todo a seus filhos. Mãe não pensa em outra coisa senão nos filhos.

2- Guarda os filhotes

A coruja abriga seus filhotes debaixo de si, de forma que qualquer predador terá que a enfrentar primeiro. Protege seus filhotes do frio e do vento bem seguros debaixo de suas asas até que possam ser livres para voar. 
A mãe que é como uma coruja também é protetora em todo tempo. Para defender seus filhos a mãe é capaz de qualquer coisa.

3- Alimenta os filhos

A coruja traz o alimento certo para seus filhotes e os nutre até crescerem, sendo capaz de entregar todo a caça para eles e ficar sem se alimentar.
A mãe que é como uma coruja também pensa em seus filhos em primeiro lugar. Caso passe necessidades, abre mão de tudo em prol de seus filhos. A própria maternidade concede à mãe o dom de alimentar através da amamentação.

Conclusão

Quando uma mãe é muito zelosa dizem que é ‘uma mãe coruja”. Se a sua mãe é como uma coruja, você será um filho abençoado e feliz.

Rev. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista, professor e escritor. 44 anos. Casado com Ássima, pai de Heitor e Hadassa. Natural de Muriaé MG. Bacharel em Teologia pela UMESP.

Faça um comentário, mas só podemos publicar se identificar.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem

promoção de livros devocional diário