O Espírito Missionário

Atos 1.8 e 8.1
Introdução: O texto de Atos dos Apóstolos conta a vida missionária da Igreja Primitiva.

Duas características do Espírito missionário:


1- Poder Espiritual: Atos 1.8

A Igreja Primitiva tinha força missionária baseada na sua espiritualidade. O poder do Espírito Santo os levou a serem testemunhas até os confins da terra.
Sem a presença do Espírito Santo a Igreja não existiria e não seriam capacitados para servir a Deus. Os dons espirituais foram ferramentas para o serviço missionário da Igreja (1Coríntios 12.12-31).
Para conseguir fazer a obra de Deus precisamos buscar a presença do Espírito Santo que nos impulsiona ao serviço através de seu poder – dynamus – que nos fortalece.

2- Perseguição: Atos 8.1

A presença do Espírito Santo dirigia a missão. Mas a perseguição os levava a vivenciar oportunidades missionárias.
A Igreja perseguida foi espalhada por todo lado fugindo da condenação do império a quem se convertesse a Cristo. Com isso levavam o evangelho por onde passavam.
Se não fosse a perseguição, talvez os cristãos ficariam apenas em Jerusalém, mas o propósito de Deus era levar o evangelho a todo o mundo. O comodismo é um dos motivos que muitas pessoas não fazem missões.

Conclusão

Pra que a Igreja tenha este Espírito missionário é preciso buscar poder espiritual e viver um evangelho verdadeiro que incomoda o mundo sem medo de ser perseguidos por isso (Romanos 1.16).

Rev. Welfany Nolasco Rodrigues

Pastor Metodista. 44 anos. Casado com Ássima, pai de Heitor e Hadassa. Natural de Muriaé MG. Bacharel em Teologia pela UMESP.

Postagem Anterior Próxima Postagem

promoção de livros devocional diário