O Teu Pai X o Pai nosso

COMPARTILHE esta Pregação:

Mateus 6.6 e 9
- Introdução: Jesus ensinou seus discípulos a orar e mostrou duas linguagens que podem ser usadas na oração pessoal ou coletiva.

1- Oração Pessoal: Mateus 6.6 Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em oculto; e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará”.
A oração pessoal é um momento de intimidade com Deus que Jesus deixou claro para ser feito de portas fechadas. Ali estão a pessoa em oração e Deus somente. Neste momento o Senhor é “o teu Pai”. Nossos segredos estão bem guardados na presença de Deus.

2- Oração Coletiva: Mateus 6.9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome”.
A oração coletiva é o momento em que oramos com os irmãos e uns pelos outros, onde Deus é o “Pai nosso”. Isso mostra a importância da comunhão que fortalece a vida de oração.

-Conclusão: A linda oração do Pai nosso é precedida por conselhos de Jesus a respeito da oração (Mateus 6.5-8) e tem orientações posteriores quanto à vida prática da oração (Mateus 6.14,15). Não podemos deixar de orar e saber que nossa vida pessoal de oração fortalece a comunhão e vice-versa.


© AUTOR: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues. Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP.
Siga: Google+.

Livro:

Livro

Esboços por email

Autor:

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Seguidores:

© 2016 Esboços de Pregações. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.