A direção da cruz

COMPARTILHE esta Pregação:

Comente

Marcos 12.30,31
- Introdução: A cruz aponta a direção do cristianismo para ensinar o propósito de Deus. A cruz aponta para:

1- Direção Vertical – AMOR DE DEUS:

v.30 “Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força.”.
A primeira direção que a cruz aponta é para Deus, ilustrado pela madeira em pé (vertical). Quando nos tornamos cristãos estamos em busca da presença de Deus. Somente através de Jesus podemos chegar até Deus (João 14.6).

2- Direção Horizontal – AMOR AO PRÓXIMO:

v.31ª “O segundo é: Amarás o teu próximo”.
A madeira deitada (horizontal) nos mostra que a cruz também aponta para o nosso próximo, quem está ao nosso lado. Para ser cristão é preciso aprender a amar o nosso próximo e exercer o perdão (Mateus 5.44).

3- Direção Central – AMOR PRÓPRIO:

V,31b “como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes.”.
O ponto de encontro entre as duas madeiras da cruz nos ensina sobre a direção central da fé cristã que é uma vida pessoal amando a Deus e ao próximo. Este é o ponto de equilíbrio do cristianismo. Duas coisas inseparáveis. Quando conhecemos o amor de Deus e amamos nosso próximo, somos capacitados a ter amor próprio sem egoísmo.

-Conclusão: A cruz nos mostra a direção a seguir em tudo de nossas vidas. Se apontar para Deus, para o próximo e para si mesmo, então pode ser algo permitido por Deus. Por isso devemos levar a nossa cruz (Marcos 8.35).

© AUTOR: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues


Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues. Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP.
Siga: Google+.

0 COMENTE!:

Livro:

Livro

Esboços por email

Autor:

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Seguidores:

© 2016 Esboços de Pregações. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.