DISCUSSÕES INÚTEIS

COMPARTILHE esta Pregação:

Comente

Marcos 9.33-35
- Introdução: Alguns assuntos que não valem a pena discutir. Por isso precisamos de alguns critérios antes de entrar num debate:



1- Critério da UTILIDADE:

Tito 3.9 “Evita discussões insensatas, genealogias, contendas e debates sobre a lei; porque não têm utilidade e são fúteis”.
Antes de entrar numa discussão preciso saber qual é a utilidade do assunto, o porquê ou propósito de se discutir tal assunto. Quando os discípulos e fariseus discutiam sobre um jovem endemoninhado sem poder fazer nada Jesus os repreendeu e libertou aquela vida do sofrimento (Marcos 9.14-20). Não adianta ficar discutindo e não fazer nada para resolver o problema.

2- Critério do TEMPO:

I Timóteo 1.4 “nem se ocupem com fábulas e genealogias sem fim, que, antes, promovem discussões do que o serviço de Deus, na fé”.
Antes de entrar numa discussão preciso saber se é necessário gastar tempo com isso, ou quanto tempo será preciso para chegar a uma conclusão.  Se não houver uma disposição para vencer o assunto e passar para a fase posterior, então será uma discussão inútil. Os discípulos discutiram sobre quem seria o maior no Reino de Deus e Jesus os repreendeu porque não era necessário debater sobre isso (Marcos 9.33-37).  Alguns assuntos vêm apenas para nos parar ou atrasar o que estamos fazendo. Não perca tempo com discussões inúteis (Neemias 6.3).

3- Critério da ÉTICA:

Romanos 14.1 “Acolhei ao que é débil na fé, não, porém, para discutir opiniões”.
Antes de entrar numa discussão precisamos saber se está havendo respeito entre as partes. Se houver uma relação injusta onde um fala sozinho e outro apenas tem que receber informações então é um monólogo e não uma discussão. Quem está disposto a falar também deve se dispor a ouvir. Quando os discípulos foram reclamar com Jesus sobre pessoas que expulsavam demônios em seu nome, o Mestre disse que deveriam deixar e não falar daquelas pessoas (Marcos 9-38-41). Se a pessoa não estiver presente para se defender ou se o assunto não nos compete então é antiético discutir. Jesus ouvia as pessoas e perguntava a opinião e princípios antes de apresentar sua doutrina (Marcos 12.28-31).

-Conclusão: Existem assuntos que não são de nossa competência discutir, então devemos deixar para quem é devido. Não entre em assuntos que você não pode fazer nada, não perca tempo com coisas inúteis e tome cuidado para não ser antiético.

© AUTOR: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues


Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues. Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP.
Siga: Google+.

0 COMENTE!:

Livro:

Livro

Esboços por email

Autor:

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Seguidores:

© 2016 Esboços de Pregações. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.