Presos de esperança

COMPARTILHE esta Pregação:

3 comentários

Zacarias 9.12
- Introdução: Pior que o cativeiro foi a falta de esperança que havia sobre o povo de Deus. Vença a desilusão:

1- Voltando para Deus: Zacarias 9.12ª “Voltai à fortaleza, ó presos de esperança”.
Deus é a nossa fortaleza (Salmos 18.1-3). Somente em Deus podemos estar seguros e confiantes. Nenhuma proteção neste mundo é como estar “à sombra do Onipotente” (Salmos 91.1).
O povo de Israel estava sem esperança porque estava sem Deus. Somente voltando para o Senhor poderiam ser restaurados (Oséias 6.1-6).

2- Ouvindo o Evangelho: Zacarias 9.12b “também, hoje, vos anuncio que...”.
O evangelho é o anúncio de boas notícias (Isaías 52.12). Estas boas novas revelam a esperança que vem de Jesus Cristo.
O povo de Israel precisava ouvir o anúncio da Palavra de Deus, que haviam abandonado. Quando ouvimos a Palavra recebemos fé para vencer (Romanos 10.17).

3- Esperando no Senhor: Zacarias 9.12c “...tudo vos restituirei em dobro”.
Esperança é esperar com fé. Sonhar que tudo vai dar certo. Quando esperamos no homem nos decepcionamos, mas quando nossa esperança vem de Deus nunca somos frustrados (Isaías 40.1).
O povo de Israel precisou aprender a esperar somente em Deus e não nos reis da terra. Deus lhes prometeu que “Em lugar da vossa vergonha, tereis dupla honra” (Isaías 61.7).

-Conclusão: Para vencer a desilusão que aprisiona a alma tirando a esperança é preciso voltar-se para Deus, ouvir a boa mensagem do Evangelho e esperar no Senhor dizendo: “E eu, Senhor, que espero? tu és a minha esperança” (Salmos 39.7).

© AUTOR: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues. Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP.
Siga: Google+.

3 comentários:

Livro:

Livro

Esboços por email

Autor:

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Seguidores:

© 2016 Esboços de Pregações. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.