De Babel ao Pentecostes

COMPARTILHE esta Pregação:

Comente

Gênesis 11.9 e Atos 2.1-4
- Introdução: As línguas citadas na torre de Babel e no dia de Pentecostes nos chamam atenção para o fator comunicação.

1- Na torre de Babel houve CONFUSÃO: Gênesis 11.9
A torre de Babel foi marcada por uma grande confusão de línguas onde um não entendia o seu próximo. Por causa desta confusão sua obra não pode ser concluída.
Isso nos ensina que quando não falamos a mesma língua das pessoas não conseguimos comunicar com elas. Deus não age no meio de confusão (I Coríntios 14.33).

2- No dia de Pentecostes houve REVELAÇÃO: Atos 2.1-4
Cerca de quinze nações representadas na festa do Pentecostes em Jerusalém foram evangelizadas quando os discípulos receberam o Espírito Santo e começaram a pregar nas línguas destes povos (Atos 2.5-13).
Quando o Espírito Santo age em nossas vidas conseguimos entender as pessoas e somos entendidos também. Somente Deus pode nos capacitar para alcançar as pessoas. Quando Deus age acontece paz e união.

-Conclusão: Se você está passando por confusão em sua família, trabalho, igreja ou onde for peça ao Senhor que traga paz e através do Espírito Santo que nos faz entender o nosso próximo.

© AUTOR: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues. Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP.
Siga: Google+.

0 COMENTE!:

Livro:

Livro

Esboços por email

Autor:

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Seguidores:

© 2016 Esboços de Pregações. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.