Profetizando a Palavra

COMPARTILHE esta Pregação:

Marcos 11.20-24
- Introdução: Havia visto uma figueira sem frutos e por isso Jesus declarou que ela secaria (Marcos 11.12,13) e foi o que aconteceu. Isso nos ensina que devemos falar a Palavra por que:

1- É preciso estar em concordância: Mateus 18.19,20
Quando declaramos o que cremos estamos concordando com a Palavra de Deus e com a oração do irmão.

2- É uma questão de legalidade: Mateus 16.19
As bênçãos espirituais já existem no céu (Efésios 1.3), por isso devemos expressar nosso desejo de recebê-las. Antes de realizar um milagre, Jesus costumava perguntar à pessoa “o que queres que eu te faça?” (Marcos 10.51), dando oportunidade para expressar sua fé.

3- É uma questão de justiça: Romanos 10.9,10
Vivemos em batalha espiritual. Os anjos de Deus estão a serviço dos salvos (Hebreus 1.14). Mas o inimigo também fica esperando uma oportunidade para agir (I Pedro 5.8). Então o fato de declarar com a boca é uma prova no reino espiritual de que você está aberto para receber.

-Conclusão: Quando oramos em silencio estamos em um momento a sós com Deus (Mateus 6.6). Ao orar em voz audível conseguimos concentrar melhor e estamos profetizando a Palavra.

© AUTOR: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues


Pr. Welfany Nolasco Rodrigues Publicado por: Pr. Welfany Nolasco Rodrigues

Pr. Welfany Nolasco Rodrigues. Pastor Metodista e pregador do evangelho. Escritor de esboços e sermões. Formação: Bacharel em Teologia pela UMESP.
Siga: Google+.

Livro:

Livro

Esboços por email

Autor:

Minha foto

Tenho prazer em meditar na Palavra de Deus.
Escrevo textos e reflexões sobre as Escrituras.

Seguidores:

© 2016 Esboços de Pregações. Designed by Bloggertheme9
Powered by Blogger.